Arquivos da categoria: Datas especiais

Um piquenique consciente!

Dia 02 de abril foi Dia Mundial Da Conscientização do Autismo e ao contrário do que muitos pensam, esse não é um dia comemorativo e sim um dia de trabalho! Se tivéssemos motivos de sobra pra comemorar, nem precisaríamos de ter um dia específico de engajamento em prol de conscientizar toda a polução do nosso país. Em um mundo paralelo todos estariam conscientes do que é o autismo, quais são as suas características, a quem os familiares deveriam recorrer caso suspeitassem que seu filho era autista, quais são os tratamentos, todos os profissionais necessários estariam a disposição e a palavra inclusão seria inexistente já que seria muito natural a convivência com as diferentes necessidades físicas e emocionais das pessoas. Maaaaaaaaas esse mundo paralelo não existe e toda criança cresce… Temos que preparar o mundo para elas e elas para o mundo! E essa caminhada é longa, diária, exige coragem, força, aceitação e trabalho! E é por isso que todo ano a gente arregaça as mangas para fazer essa data valer… precisamos ter voz! Precisamos ser ouvidos e enxergados, precisamos mostrar os autistas para todos e precisamos desmistificar muitas coisas como por exemplo a que o autista tem seu próprio mundo! Autistas são desse mundo, tem seus direitos, pagam impostos através do trabalho suado de muitos pais, dão o seu melhor diariamente vencendo barreiras que não são impostas apenas pela síndrome mas também pelo sistema, pelos governantes, por muitas pessoas ignorantes da sociedade que insistem em se fechar para as diferenças, pela falta de informação e por tantos outros motivos que se não existissem, a síndrome seria fichinha! Mas, como a inclusão começa em casa, aprendemos que melhor do que lutar por algo é inspirar as pessoas a se envolverem pela causa!

Esse dia 02 caiu em uma semana linda, a semana Santa. Procuramos a imprensa da nossa cidade (Uberaba – MG) com um kit que possuía o convite de nosso evento, um release com informações importantes a serem divulgadas e uma vela para eles acenderem uma luz azul pelo autismo (campanha mundia) para falarmos sobre o autismo e passarmos as informações a toda a população e convidamos as pessoas para o nosso evento de conscientização! Esse mesmo kit (sem o release, claro) foi entregue a professores, coordenadores, mediadora, alunos e direção da escola do Lu.

 photo 30_zpsmbemgae5.jpg

 photo 29_zps1kejlnj0.jpg

Nós, juntamente a um grupo de pais de autistas e profissionais que abraçam a causa, organizamos um piquenique na Praça Por do Sol e foi muito lindo! O convite, cheio de formiguinhas, ilustra nosso trabalho pequeno perto do que é necessário, mas mostrando que juntas, somos um formigueiro poderoso! Foram mais de 200 pessoas e azulamos a praça!

 photo 28_zpsxacwpjrr.jpg

Fizemos camisetas azuis com o apoio de empresas conscientes de Uberaba e mais de 200 camisetas foram distribuídas gratuitamente!

Gratidão às empresas uberabenses e parabéns pela conscientização em apoiar uma causa tão importante como essa:

Sorveteria Chandelly, Rádio Transamérica, Restaurante Omori, Bom Sucesso Imóveis, O Rei do Pão de Queijo, Central gás, Kasanobre Noivas e Festas, Bar e Mercearia Rio do Peixe, Souza e Miziara Construtora, Marcenaria, Mármores e Granitos, Arte e Movimento Stúdio de Dança, Fisio Spa Fit, Real Gastronomia Funcional, Stiva Corretora, Carboni Editora e Gráfica

 photo 19_zpsi7xivv7o.jpg

 photo 20_zpsmzq7lne1.jpg

 photo 23_zpsxutkdwkl.jpg

 photo 19_zpsi7xivv7o.jpg

Conseguimos apoio da Secretaria de Saúde de Uberaba que nos forneceu a impressão de panfletos explicativos que criamos e o apoio da Secretaria de Saúde Mental de Uberaba que nos recebeu e escutou nossas necessidades diárias. Túlio (na foto) e Sérgio, respectivos secretários também estiveram presentes no evento.

 photo 27_zps1dzf3ex1.jpg Secretário Túlio

 photo 31_zpsz27h4ofm.jpg Frente do Panfleto

 photo 32_zps5g0r47bp.jpg Verso do Panfleto

*** Se for salvar para imprimir, não retire a nossa marca, respeite nosso trabalho ***

A Secretaria de Educação de Uberaba, através da nossa amiga e ex professora, silvana Elias também colaborou divulgando o eventos em todas as agendas dos alunos das escolas municipais e foi no nosso evento escutar as necessidades das mães.

 photo 21_zpszyivalio.jpg D. Silvana Elias na foto com a gente e o professor do Marista, Eurípedes

Temos sorte de termos em Uberaba uma pessoa que já tem a inclusão no coração e está fazendo e tudo para todas as crianças e adolescentes terem mediação em sala e apoio no contraturno. Somos muito amigas das filhas dela, a Fernanda e a Fabíola, que estudaram com a gente e são nossas amigas irmãs hoje. Elas sempre nos apoiam, não apenas em relação ao autismo mas em todas as causas que temos! O filho dela Fabiano Elias também nos ajudou muito nos apresentando o Secretário da Saúde, sempre nos passa informações, nos apoia muito e sempre que precisamos ele está ao nosso lado com ideias inteligente e preocupação em ajudar! Essa família é linda e mora no nosso coração.

 photo 34_zpsufnrxhrl.jpg Fernanda Beatriz, Matheus e família e Sona Silvana. Só faltou a Fabs que mora nos Estados unidos e foi no nosso coração ao evento!

 photo 22_zpsjqphhvvj.jpg Fabiano Elias

O vereador Franco Cartafina nos recebeu em seu gabinete e também compareceu ao evento! Ele nos ajudou com o som do dia do evento e fez um projeto de lei para que o Dia Mundial da Conscientização passe a ser Dia Municipal da Conscientização do Autismo também! Estamos aguardando a audiência para aprovação da Câmara de Vereadores!

 photo 12_zpsldxnukgs.jpg

Mayron Rangel da Cia Uno fez uma linda apresentação circense em nosso piquenique e as crianças e adultos ficaram boquiabertas. Mayron luta pela cultura em Uberaba, tem um grupo de teatro e dá aula de artes circenses!

 photo 3_zpst55zj4u1.jpg Mayron e Cia Uno

Mestre Café e o Centro Cultural de Capoeira Águia Branca também se apresentou fazendo nosso evento mais rico e trouxe nossa cultura raiz alimentando nossa alma.

 photo 24_zpst0ankac9.jpg

Eder, da Turma da Alegira, nosso parceiro que levou um pula pula e um escorregador gigante, foi a sensação da praça, trazendo diversão a todos! Quem for de Uberaba e quiser contratá-lo ligue 34 3315 8602. sua festa ficará linda e divertida! Eder sempre está conosco em nossos projetos sociais.

 photo 2a_zpswajgv5dc.jpg

 photo 2_zpsiirelna1.jpg

 photo 1_zpsrbbupra2.jpg

A dona da lanchonete da praça não abre domingo mas ficou sabendo do nosso evento e ficou muito feliz, foi de azul, abriu a lanchonete e ainda forneceu energia para ligarmos o escorregador e o som. Gratidão!

 photo 18_zpsxbhg6d1f.jpg

Foi um dia divertido e a comunidade pôde ver como os autistas amam estar incluídos, brincar no meio das crianças, sorrir e ser felizes! A inclusão é possível, basta mudarmos nosso olhar e acolhermos a todos de forma justa, adaptando-nos a cada necessidade, assim como gostaríamos que fizessem com a gente!

Dois amigos da sala de aula do Lu foram com suas família: Pedro Passos e sua mãe e Bia com sua mãe e irmã (sem foto infelizmente)! Uma amiga do Lu que estudou com ele ano passado mas saiu da escola e continuou a amizade (sempre se falam por telefone e passeios juntos), a Ágatha e sua linda família, que amamos também foram! Gostaríamos que os professores e todos os colegas tivessem ido mas infelizmente não puderam comparecer. Apenas uma justificou sua ausência mas entendemos o motivo que era nobre e essa amiga, a Ana Laura, ajuda muito o Lu no dia a dia em sala de aula e nos fornece informações importantes sempre!

 photo 13_zps3tap8we0.jpg Ágatha e Lu

 photo 8_zps0ymc3dq6.jpg

 photo 25_zpstxip8nib.jpg Pedro Passos e Lu

O Colégio Marista estava em peso: professores, alunos do maternal III e seus familiares. Algumas professoras da Escola Criativa, escola aberta a inclusão em Uberaba estavam lá também e se propuseram a divertir a criançada! O Colégio Uberaba, escola municipal da cidade que está dando show de cidadania e acolhimento também estava lá e somos hiper gratas a eles pelo lindo trabalho que têm feito. Gostaríamos que todas as escolas de Uberaba soubessem a importância da inclusão e que projetos sociais começam na coordenação e dentro de sala. Professores influenciam uma vida para sempre, e esperamos que sintam-se responsáveis pela justiça e igualdade. Infelizmente nenhum professor e ninguém da diretoria do colégio do Lu puderam ir, de forma que a escola não foi representada!

A imprensa cobriu o evento e agradecemos imensamente o apoio do Jornal da Manhã, Rede Integração de Uberaba (Afiliada Globo), Band Triângulo, TV Câmara, Falou&Disse (Paulo Sarkis), Rádio JM (Túlio)

Agora confiram as fotos desse dia lindo! Parabéns a todos os pais do Grupo Autismo Uberaba que organizaram, convidaram as pessoas e abrilhantaram todo o evento. Juntos somos fortes e podemos tudo!!!

 photo 11_zpsloa4o78w.jpg

 photo 14_zpsunsehpju.jpg

 photo 10_zpsfmwjgvyk.jpg

 photo 4_zpsyc3sg99h.jpg

 photo 6_zps1zivkcuk.jpg

 photo 7_zpsac1yeu7r.jpg

 photo 5_zpsm9igwnz6.jpg

 photo 17_zpsshfsnlvk.jpg

 photo 15_zpsv4qv1o2o.jpg

 photo 16_zpsk64krwjo.jpg

 photo 33_zpsmyrtbxt5.jpg

 photo 26_zpsb4gh5sxs.jpg

Lu passou de ano em todas as matérias e mereceu muito essas férias. A cada ano a escola exige mais e mais: tarefas, provas, trabalhos individuais e em grupo, leitura de livros, conteúdos extensos, etc. Lu está agora no oitavo ano!!! As férias foram muito boas e deu pra divertir e descansar bastante.

O calor está demais então aproveitamos a maior parte do tempo na piscina. Foi muito legal pois sempre Lu chamava um amigo. Brincamos de vôlei, passar por debaixo das pernas no fundo da piscina, ficar em respirar, fazer filmes em câmera lenta de pulos, virar uma máquina de lavar, apostar corrida, “briga de galo” (quando um sobre no ombro do outro e tenta derrubar), rouba bandeira, etc. Sempre inventamos brincadeiras onde a interação está presente!

 photo 2_zpsd5629e05.jpg

 photo 5_zpsb690212d.jpg

Lu também aprendeu a editar vídeos e fez vários sobre vinhetas da globo e máquinas de lavar. Ele cria seus roteiros, filma e edita. Agora ele faz tudo o que quer! Ninguém segura esse garoto!

Ele já fica sozinho em casa e por várias vezes todos tiveram que sair e ele ficou numa boa. É claro que primeiro deixamos ele sozinho por pouco tempo e depois fomos aumentando. Sempre ligamos em casa e ele atende e fala que está tudo bem. Ele está lindo e responsável.

Fizemos um piquenique com nossos alunos de evangelização e mamãe foi com o Lu. Fomos pra Peirópolis. Lu brincou com uma arminha de água, descansou e ficou na natureza. Os adultos conversaram e riram muito. E nós ficamos ensopadas de tanto brincar de guerrinha de bexiga de água!

 photo 6_zps7fe322b7.jpg

Depois viajamos pra São Paulo e é claro que visitamos o Fernando Ricci, ídolo do Lu. A casa dele estava lotada de máquinas, umas que o Lu não tinha visto de perto ainda e umas que ele já sabe tudo. Fizemos vários vídeos por lá. Até fizemos alguns episódios do Chaves por lá. Cada um incorporou um personagem e produzimos a Vila do Chaves na casa do Fernando, que entrou na onda também. Ídolo igual ele não existe. Atencioso, carinhoso e amigão!!! Obrigado!!

 photo 1_zps1fd2be8f.jpg

Fernando nos deu a dica de visitarmos a Casa Eletrolux, já que Eletrolux é a marca preferida do Lu. É claro que fomos e simplesmente ficamos EN-CAN-TA-DAS com tudo. Lu pirou né?! Tinha um ambiente só com máquinas de lavar!

 photo 4_zps3513bce1.jpg

 photo 3_zps3365c91a.jpg

Foram momentos inesquecíveis! Tiramos muitas fotos e é claro, Lu fez vários vídeos. Se pudesse, Lu moraria lá, rs.

Aproveitamos que estávamos em São Paulo e fomos pro Guarujá já que Lu não conhecia a praia. Fernanda organizou tudo. Chegamos lá de tarde e fizemos uma caminhada só para familiarizar com o local. Jantamos fora (levamos a comida do Lu) e o ambiente era lindo e a comida muito boa. No outro dia fomos cedinho pra praia e Lu estava com um pouco de medo mas adorou. Depois ele voltou para a casa alugada e ficou um pouco no Ipad mas de tarde voltou para despedir do mar e estava bem mais confiante. Queria ir pro meio do mar. Foi muito bacana ver essa evolução. Nadamos, mergulhamos, pulamos ondas e nos reenergizamos!

 photo 7_zps85da96ee.jpg

Voltamos pra Uberaba bastante felizes. Depois da viagem curtimos mais uns dias na piscina, cinema, passeios, etc.

As férias foram muito boas. O oitavo ano já começou a todo vapor cheio de tarefas e trabalhos. Lu está super concentrado, atento, educadíssimo e amadurecido. Desejamos um excelente ano escolar para todos!!!

A Copa e o Mundo Sensorial!

Muitos autistas são sensíveis a barulhos e estímulos e com esses jogos da copa (e festa junina / julina) sabemos que os fogos vão acontecer com freqüência e que a rotina vai mudar, o que para algumas famílias isso traz uma certa ansiedade! por isso resolvemos trazer algumas dicas para que você saiba como ajudar seu filho (parente ou amigo) para que ele consiga lidar com tantas informações sensoriais é importante!

Antecipação
 photo topoantecipaccedilatildeo_zpsf681f642.jpg
Transmita empolgação e confiança em relação aos eventos e explique que eles são momentos especiais para estarmos junto da família, dos amigos e que todos estão comemorando essa oportunidade de celebração! Mostre fotos das pessoas vendo futebol felizes, da paixão pelo futebol, do mascote, da festa! Repita essa antecipação todos os dias nesse período, mesmo nos dias que não tem jogo, para que a pessoa com autismo esteja preparada.

Decoração da casa
 photo topodecoracao_zps258eca53.jpg
Para tornar concreto e visual o evento da copa do mundo, decore sua casa com bandeirinhas do brasil, bolas de futebol, objetos nas cores da bandeira brasileira. Torne essa atividade agradável e deixe a criança ou adulto escolher os lugares da decoração, deixe ele se envolver e participar. Envolva as personagens que ela gosta na decoração com desenhos deles comemorando, bichinhos de pelúcia com as bandeiras, fomas visuais que mostrem eles bem felizes com o evento! Certifique-se que todos os objetos são seguros para estarem ao alcance dos autistas, principalmente os que colocam as coisas na boca.

Dia de jogo
 photo topodiajogo_zpsf5caa140.jpg
Você poderá criar um quadro visual do dia do jogo, com fotos ou desenhos que representem todos os acontecimentos. Por exemplo, você pode usar imagens da pessoa tomando banho, colocando a roupa já escolhida, entrando no carro e chegando na casa que vão assistir o jogo e pode até complementar com as pessoas que estarão lá.

Envolvimento de todos
 photo toporelaccedilatildeo_zpsfe4b4614.jpg
Troque mensagens e converse previamente com sua família, amigos e com os demais convidados da reunião. Enalteça as conquistas e desenvolvimentos recentes de sua criança e explique os atuais desafios. Isso pode ser importante para o dia da festa, pois vocês saberão enquanto grupo o que fazer para prevenir ou lidar com determinadas situações.

Conforto
 photo topoconforto_zps466ff725.jpg
Procure tornar a experiência das atividades fora da rotina uma experiência menos desafiadora para você e para o autista. Ao invés de forçar a pessoa a usar uma roupa nova que ela não quer vestir, permita que ela escolha a roupa, mesmo que seja a mesma roupa que ela tem usado regularmente há meses! O conforto de sua criança é mais importante do que o que os outros vão pensar sobre a vestimenta dela no evento. Quanto mais confortável a criança estiver, mais calma ela poderá ficar para lidar com os desafios das festas e para participar da diversão. Se faz questão que ela use uma roupa que comprou especialmente pro jogo, celebre essa roupa com antecedência, elogie bastante. Não deixe para ser uma novidade em um dia de muitas novidades! Se possível, leve-a para comprar essa roupa e participar do processo de escolha.

Alimentação
 photo topocomida_zps34011534.jpg
Caso a sua criança esteja fazendo uma dieta ou tenha restrições alimentares, prepare cuidadosamente os seus alimentos para tê-los à mão na hora dos jogos e reuniões. Você poderá escolher as receitas que a sua criança mais gosta ou tentar preparar seus alimentos de forma que eles se pareçam com os quem serão servidos para o resto da família: todo mundo estará aproveitando a parte gastronômica das festividades e não queremos que a pessoa com autismo fique de fora! Se você sabe que, mesmo preparando os alimentos de sua criança para que sejam muito similares em aparência e sabor em relação aos outros que serão oferecidos nos jogos, ela provavelmente tentará experimentar os alimentos que não pode ingerir, neste caso procure alimentar sua criança antes de sair. Alguns pais de crianças com autismo utilizam a alternativa de sediar as festividades de forma a ter mais controle em relação ao ambiente físico, ao número de pessoas convidadas e à própria comida que será servida.

Ninho
 photo toponinho2_zps7411399d.jpg
Sabemos que muitas pessoas com autismo têm grande sensibilidade sensorial, então, lembre-se destas sensibilidades e busque adaptar o máximo quanto possível o ambiente das comemorações dos jogos. Se for possível, deixe estabelecido um espaço ninho (ou seja, um cômodo na casa onde ocorrerá a festa) que poderá conter menos estímulos sensoriais e ser usado para que a pessoa descanse ou se acalme, se ela precisar. Você pode levar alguns objetos de conforto, como brinquedos ou quaisquer outras coisas de que ela goste e alocá-los nesse espaço, para que ela tenha um ambiente alternativo ao dos jogos. A ideia não é que a pessoa com autismo deixe de participar da festividade, mas sabemos que a rotina dela estará alterada e o que o ambiente estará repleto de novos estímulos, então queremos que ela se sinta segura e confortável sabendo que terá um espaço mais tranquilo, se precisar dele.

Pausa
 photo topoPAUSA_zps4e604374.jpg
Verifique se o seu filho sabe como pedir uma ruptura com a aglomeração de pessoas ou ruído. Se o seu filho é verbal, ele pode precisar apenas de um lembrete. No entanto, muitas crianças no espectro fazem melhor com uma ajuda visual. Por exemplo, fornecer o seu filho com um cartão especial para entregar a você quando ele precisa de uma pausa a partir da estimulação.

Fones de ouvido
 photo topofone_zpsafcdcbb5.jpg
Considere ter sempre a mão fones de ouvido para ajudar a bloquear o ruído excessivo. Como todos sabemos, fogos de artifício pode embalar um monte de estimulação sensorial!

Conhecendo o mecanismo
 photo topomecanismo_zpsdcc7b947.jpg
Deixe-os explorar fogos de forma segura. Há uma série de fogos de artifício que são seguras disponível que pode dar ao seu filho a oportunidade de participar da diversão. Biribas (traque, bombinhas) e lança confetes (party poppers) também são uma boa maneira para o seu filho a juntar-se. Esses artifícios podem ser oferecidos a criança com antecedência para que eles entendam como são usados na comemoração! o melhor é que eles estarão no controle do momento do estouro e assim aprendem a se preparar para esse momento de barulho. Tenha cuidado com foguetes e bombas de fumaça, no caso do seu filho pode ter vontade de pegar as chamas.

Comemore suas vitórias
 photo topovitorias_zpsf4adf36b.jpg
Lembre-se de apreciar e comemorar comportamentos e iniciativas positivas de sua criança, adolescente e adulto! Não deixe que o foco esteja apenas em conter eventuais comportamentos inadequados e valorize os talentos e as habilidades que a pessoa com autismo demonstrar!

Relaxe!
topo relaxe photo toporelaxe_zpsce961e26.jpg
Divirta-se. Por último, mas não menos importante, não se esqueça de se divertir. Mostrar para o seu filho que você não está preocupado pode ser o primeiro indicador sobre como ele deve agir. Ansiedade pode gerar ansiedade! sinta-se calma (o) que ele ira entrar na brincadeira.

Fonte:
Inspirados pelo Autismo
Autism Speaks
ABPathfinder