Rumo a independência!

Todos nós sabemos que as metas são importantes para os autistas (na verdade para todas as pessoas né? ). Lu está adolescente, 15 anos, quase 16! Sua atual meta (a mais importante pois ele tem muitas outras) é a independência! Ele já trabalha isso com a psicóloga e estamos trabalhando em casa! E para darmos condições a ele de ter sua independência, são necessários alguns exercícios e nada melhor do que: LISTAS!!!!

Amamos listas pois elas nos organizam, e é muito bom pois elas nos Lembram o que devemos fazer e assim não perdemos o foco ou se perdemos, retornamos ao foco com facilidade!!!

Fizemos uma lista de checagem para que Lu se responsabilize pelo seu estojo e evite perder os objetos dele em sala de aula! Ano passado ele perdeu um monte de borrachas, apontadores e tesoura e esse ano começou perdendo a borracha e o apontador! Tivemos a idéia de criar um check list para que ele mesmo confira se está tudo dentro do estojo antes de fechá-lo e guardá-lo! Lógico que ele estranhou a lista mas explicamos que todo adolescente e adulto organizado usa esse mecanismo e que isso evita problemas! Que também usamos e o nosso pai e nossa mãe também pois se deixarmos tudo só na cabeça, podemos esquecer! Ele se sentiu importante e preparado para usar a lista! Tudo que fazemos, conversamos e explicamos e é claro exaltamos a importância para a vida dele e a capacidade que ele tem de executar as coisas. Lu tem a auto estima muito elevada (elogiamos o tempo todo) e por isso sempre acredita que é capaz (e nós também pois eles são capazes de tudo, basta darmos essa chance a eles e adaptarmos os materiais e a maneira de executarem a tarefa).

……………. check list estojo photo estojo_zpse1121128.jpg

Com a check list do estojo em prática (praticamos em casa e orientamos para que pratique na escola), sentimos a necessidade de incentivá-lo a arrumar sua mochila escolar! Então, para ajudá-lo, colorimos todo o horário da escola e as etiquetas relacionadas a disciplina do dia com a cor correspondente. Como eles são visuais, isso auxilia muito na hora de se orientarem! Lu te muitas matérias e foi difícil arrumar tantas cores diferentes (quanto mais diferente uma da outra melhor). Você pode fazer isso de várias maneiras: Apenas bolinhas coloridas na capa ao invés da etiqueta, cada disciplina um personagem favorito (e todos os personagens no horário), encapar cada caderno e livro de uma cor, entre outras! Use a sua imaginação!

horário photo 11001153_803299256406007_1407992442_o_zpsedc42c43.jpg

Lu já é bastante independente: toma banho sozinho, se veste sozinho, come sozinho, vai ao banheiro sozinho e até fica em casa sozinho algumas vezes. Já telefona para os colegas sozinho para falar com eles (os mais chegados) e teve um dia que a nossa mãe chegou em casa e tinha um amigo com ele lá hahaha. Ele convidou sem avisar! Achamos isso um máximo! Teve interesse por uma pessoa, quis encontrar para estar junto!

Certa vez Lu foi visitar uma vizinha sozinho e ficamos loucas pensando onde ele poderia estar. A vizinha não nos avisou porque é lógico que ele falou pra ela que tinha nos avisado… hahahaha, hoje rimos dessa história! O bom é que ele mora em prédio e sabíamos que na rua ele não estava. Orientamos ele a sempre nos avisar aonde vai e que a independência exige a responsabilidade e que nos preocupamos com ele. Agora ele avisa e elogiamos muito quando ele faz isso! Elogie sempre que algo sair conforme sua orientação e avise sempre seu filho aonde vai pois somos modelos! Lu sempre é convidado a ir com a gente aonde vamos (mas ultimamente recusa… coisas de adolescente que prefere curtir os interesses sozinhos).

Somos modelos de organização e independência e devemos sempre expressar isso de forma mais exagerada para que eles vejam como é bom nos sentirmos assim! Ai, como amo escolher a minha roupa! “Nossa, adorei tomar meu banho sozinho, nada como um tempo só pra mim!”; “Hoje eu cumpri com tudo da minha lista e estou muito feliz pois posso descansar e ter o fim de semana livre!”; “Como amo cuidar das minhas coisas, sempre sei onde elas estão quando preciso!”; Coisas que vamos falando e eles vão entendendo!

Quando a pessoa perder algo, não cobre e nem jogue na cara dela que ela perdeu aquilo, que ela é distraída e nem toque no assunto de listas ou ferramentas… não relacione o mecanismo a uma frustração. Diga que é chato perder, que você também detesta mas estão juntos nessa e vão superar!

Esperamos que tenham gostado dessas dicas! O que fazem para dar independência para seus filhos? Dividam coma gente para colocarmos em outros posts e espalharmos ótimas dicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>