Dieta restritiva pode reduzir sintomas do TDAH

Dieta restritiva pode reduzir sintomas do TDAH

Pesquisadores acreditam que alguns alimentos podem afetar negativamente o cérebro e provocar o transtorno de déficit de atenção

……… Photobucket
Falta de atenção: crianças com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade enfrentam dificuldades em prestar atenção e controlar seu comportamento (Getty Images)

Segundo o estudo, da mesma forma que alguns alimentos podem provocar reações adversas, que vão da asma a problemas gastrointestinais, em crianças, eles podem afetar o cérebro e originar problemas em seu comportamento

Mudanças na alimentação pode ser uma maneira eficiente de reduzir os sintomas do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) nas crianças entre quatro e oito anos de idade, diz estudo publicado na edição deste sábado do período médico britânico The Lancet.

O estudo foi feito com 100 crianças da Bélgica e da Holanda, todas diagnosticadas com TDAH. Elas foram divididas em dois grupos escolhidos aleatoriamente. Um grupo recebeu, por cinco semanas, uma dieta restritiva, sem alimentos processados, que incluía apenas água, arroz, carne, peras e vegetais. Depois foram introduzidos na dieta batata, trigo e mais frutas. O outro grupo recebeu apenas aconselhamento sobre alimentação saudável.

Das 41 crianças que completaram as cinco semanas de dieta restritiva, 78% tiveram uma redução nos sintomas e 22% (nove crianças) não apresentaram nenhuma melhora. “Chegamos à conclusão de que mudanças na dieta deveriam ser consideradas para todas as crianças com TDAH”, afirmaram os autores do estudo, realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Radboud e pelo Centro de Pesquisas sobre TDAH, ambos localizados na Holanda.

Embora não existam evidências conclusivas sobre o papel dos alimentos no desenvolvimento do TDAH, um dos transtornos neurológicos mais comum em crianças, há a suspeita de que comidas ricas em açúcar possam desencadear os sintomas e de que substâncias como aditivos alimentares tenham efeito sobre o comportamento infantil.

Essa matéria saiu na página da internet da Revista Veja, aqui e ficamos felizes pois quando um veículo do porte da Veja mostra artigos como esse, a dieta SGSC ( mais açúcar, alimentos processados, etc) ganha credibilidade. É a ciência se rendendo a famosa frase: você é o que você come. Bom fim de semana a todos e voltamos em breve com um post sobre as férias do Lu e em seguida sobre a volta às aulas! Até breve!

4 ideias sobre “Dieta restritiva pode reduzir sintomas do TDAH

  1. Aleska

    teria sido bastante enriquecedor se você tivesse participado junto com sua irmã, eu falhei um pouco na divulgação confesso, mas espero que tenha gostado de alguns textos e que eles tenham ajudado vocês 3 de alguma forma. Desejo muito boa sorte para você e sua família nessa luta que se trava todo dia para conseguir o bem-estar social do seu irmão. Eu tenho uma avó que ficou muito afetada depois de um derrame, não resta muito do que ela foi antes sabe? virou uma pessoa totalmente diferente, e tem muita gente na familia que a trata como um vegetal, e os amigos dela sumiram depois disso. beijos!

  2. Veronica Cobas

    Oi, Luiza

    É impressionamente como a experiência de viver é o caminho na direção do desconhecido, não é? A cada novo dia descobrimos que tanto caminhamos na direção errada, ou pelo menos na direção que nos trazia consequências, como acertamos naquilo que nem mesmo pensávamos acertar. É bom saber – e tantas vezes assustador – o quanto o alimento é fonte e razão de coisas boas e ruins.

    Ah..adorei acompanhar no FB as peripécias em Ribeirão Preto. Pena que o tricolor perdeu. bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>