Suco verde ou suco da Luz

saiba sobre o suco verdeMuitas pessoas têm comentado ou escrito emails pra gente perguntando sobre o suco verde (ou suco da Luz). Achamos que o nosso post estava esclarecedor mas devido aos inúmeros pedidos para explicações, o famoso suco merece post especial. A maioria dos nossos artigos possui textos grandes e esperamos que não achem ruim pois o nosso intuito é informar e agrupar explicações de diversas fontes num mesmo post, facilitando assim, a vida do nosso leitor.
.
.

O suco de luz é um tônico bioenergético feito com grãos germinados, ingredientes nutritivos e dexintoxicantes por possuírem propriedades antioxidantes. Feito com sementes que passaram por uma germinação natural, o líquido chega a concentrar 20 mil vezes mais nutrientes do que outros alimentos. Essa descoberta é uma das que foram trazidas e adaptadas ao Brasil pelo grupo de pesquisa Convivências com o Biochip, da PUC, Pontifícia Universidade Católica, do Rio de Janeiro.

Quem tiver curiosidade de ver o segundo vídeo sobre o assunto clique aqui

Explicando melhor as propriedades antioxidantes: são um conjunto heterogêneo de substâncias formadas por vitaminas, minerais, pigmentos naturais e outros compostos vegetais e, ainda, enzimas, que bloqueiam o efeito danoso dos radicais livres. O termo antioxidante significa “que impede a oxidação de outras substâncias químicas”, que ocorrem nas reações metabólicas ou por fatores exógenos como as radiações ionizantes.

Explicando melhor os radicais livres e seus malefícios: Radicais livres são moléculas ou átomos com um número ímpar de elétrons. Os radicais livres possuem elétrons de valência desemparelhados, e, portanto, são altamente reativos, podendo inclusive reagir entre si para formar uma molécula com todos os elétrons emparelhados.

No nosso organismo, os radicais livres são produzidos pelas células, durante o processo de combustão do oxigênio, utilizado para converter os nutrientes dos alimentos absorvidos em energia. Os radicais livres podem danificar células sadias do nosso corpo, entretanto, o nosso organismo possui enzimas protetoras que reparam 99% dos danos causados pela oxidação, ou seja, nosso organismo consegue controlar o nível desses radicais produzidos através de nosso metabolismo.

Os processos metabólicos não são a única fonte de radicais livres. Fatores externos podem contribuir para o aumento da formação dessas moléculas. Entre esses fatores estão:

metais pesadosPoluição ambiental;
Raio-X e radiação ultravioleta;
Radiação eletromagnética;
Cigarro;
Álcool;
Resíduos de pesticidas;
Substâncias presentes em alimentos e bebidas (aditivos químicos, conservantes, hormônios)
Estresse;
Consumo de gorduras saturadas (frituras, etc);
Consumo de gordura animal;

É importante destacar que uma boa alimentação, rica em verduras, legumes e frutas, é a melhor maneira de prevenir os malefícios dos radicais livres.

Uma parte do oxigênio que respiramos se transforma em radicais livres, portanto o próprio exercício físico é um importante gerador dessas moléculas. Deve ser lembrado os radicais livres também tem um papel importante atuando no combate a inflamações, matando bactérias, e controlando o tônus dos “músculos lisos”.

Voltando a primeira explicação, os antioxidantes protegem o organismo da ação danosa dos radicais livres. Alguns antioxidantes são produzidos por nosso próprio corpo e outros – como as vitaminas C, E e o beta-caroteno – são ingeridos.

tabela de antioxidantes

Nos últimos anos, foram investigado os efeitos dos antioxidantes em relação as enfermidades, principalmente nos países desenvolvidos do ocidente. As pesquisas tentam explicar os benefícios dos antioxidantes nas enfermidades cardiovasculares, em numerosos tipos de câncer, na AIDS, em processos associados com o envelhecimento, como das cataratas, Doença de Alzheimer, outras alterações do sistema nervoso e AUTISMO

Por que os antioxidantes ajudam os autistas: Copiando uma parte do post deste blog sobre o Protocolo DAN: “Uma das causas para uma pessoa ter autismo é:

exposicoes quimicasstress oxidativo: excesso de radicais livres no organismo. Em nosso organismo, ocorre a formação de radicais livres derivados do oxigênio em vários processos metabólicos, exercendo um papel importante no funcionamento do corpo humano. Eles são responsáveis pelo transporte de elétrons na cadeia respiratória e, em alguns tipos de células, têm a capacidade de eliminar bactérias invasoras. Os radicais livres passam a ter um efeito prejudicial ao nosso organismo quando ocorre um aumento excessivo na sua produção ou diminuição de agentes oxidantes. Os radicais livres agem sobre as células, alterando suas membranas e dando-lhes um aspecto de células velhas que, normalmente, seriam eliminadas pelo sistema imunológico do organismo. No entanto, quando a quantidade de células alteradas é aumentada pelo excesso de radicais livres e quando, devido ao envelhecimento cronológico do organismo, há diminuição do sistema imunológico, o organismo não consegue eliminar as células alteradas.
socorroAssim, algumas dessas células sobrevivem e começam a funcionar de maneira inadequada, alterando a fisiologia do tecido, do órgão e de todo o organismo. Como essas células podem ter seu código genético alterado, multiplicam-se desordenadamente, propiciando o aparecimneto várias doenças.”
Recorrendo novamente a um outro post deste blog (post sobre sobre o flúor): “Segundo a classificação CID.10 (Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde), o transtorno é um transtorno global do desenvolvimento, caracterizado assim um desenvolvimento anormal ou alterado, o qual deve se manifestar antes da idade de três anos e apresentar uma perturbação característica das interações sociais, comunicação e comportamento. Por exemplo, uma pessoa atual, portanto, desenvolvida e tal como se encontra aqui e agora, obedece invariavelmente a seguinte fórmula biossociológica: Fenótipo = Genótipo + Ambiente
Essa fórmula significa que somos agora (fenótipo), uma somatória daquilo que trouxemos para o mundo, através de nossos genes (genótipo), com aquilo que o mundo nos deu (ambiente).
Radicais livresO ambiente é, para o indivíduo, uma fonte de estímulos das mais variadas naturezas, estímulos que determinarão no indivíduo uma série de interações e respostas e estas, finalmente, determinarão mudanças significativas no curso de sua vida.
Não se sabe a causa do autismo mas segundo Richard Lathe, do Centro de Pesquisas Pieta, de Edinburgh, um dos fatores é a exposição à metais pesados. Em suas pesquisas, Amostras de urina de crianças com autismo estranhamente contém altos níveis de uma família de proteínas chamada porphyrins, que são precursoras na produção do componente que carrega o oxigênio na hemoglobina. Metais pesados bloqueiam a produção desse componente, causando a acumulação de porphyrins na urina. Então, entendemos que o autismo é causado por alterações neurológicas, através intoxicações por metais pesados, intoxicações alimentares, causando problemas gastrointestinais , onde o intestino se torna permeável ocasionando passagem para corrente sanguínea de lixos que podem afetar o cérebro através dos neuro-transmissores, e também por fatores genéticos, e outros.”

Agora que vocês sabem a importância desse remédio natural chamado suco verde, é só começar a prepará-lo todos os dias. O suco ajuda todas as pessoas então na hora de fazer, ofereça pra toda a família! E simples e rápido, vamos ao passo a passo! Serão três vídeos: 1 explicando como germimar os grãos (já mostramos o passo a passo em um post com figuras e agora vocês podem conferir em vídeo) e outros 2 sobre o suco!

Germine os grãos sempre pois além de facilitar a digestão, os nutrientes são potencializados!

Passo a passo do suco da Luz. Viu como é fácil?!

O suco é uma delícia! Eu e Luiza somos suspeitas pra falar pois desde pequenas mamãe, papai e Dal nos incentivaram a beber suco de couve com laranja e amamos! Lu sofreu no início como puderam perceber no antigo post sobre o suco verde porém hoje ele toma um copão de suco em 15 minutos. O suco dele é vinho ou marrom por causa da beterraba. Esse suco é a nossa salvação pois Lu é péssimo pra comer. Vale ressaltar que todos os grãos ingeridos por ele são germinados.

Esperamos que tenham gostado do post e que tenham solucionado todas as dúvidas. Quem tiver receitas de sucos da Luz e seus benefícios pode deixar nos comentários ou nos enviar por e-mail assim podemos contribuir com várias pessoas!

suco pronto
Estão servidos?

Fontes: Wikipédia antioxidantes
Wikipédia radicais livres
Umbigo no Fogão

4 ideias sobre “Suco verde ou suco da Luz

  1. Veronica Cobas

    Luiza,

    Durante um periodo de mais de três meses, fiz o suco todos os dias. E tomava com gosto, pode acreditar. Com laranja e beterraba, sempre ficou uma mistura deliciosa para mim. Agora parei um pouco, até porque dá um trabalhinho para fazer e tenho acordado mais tarde. Mas sou inteiramente crédula dos benefícios do suco de luz. Façamos a fotossíntese, sempre. beijusss

    Ando sumida dos comentários, mas sempre leio o blog. bjs

  2. Beta Bernardo

    Nossa, que post completo!!! Maravilhoso!! Adorei!
    Vcs são tão dedicadas nas pesquisas que me impressiona!
    Eu sempre quis tomar esse suco e até já pesquisei sobre a germinação das sementes, mas nunca tirei do papel. Quem sabe agora? rs
    Gosto muito do Alternativa Saúde do GNT, a Cintia é minha ídala e eu queria levar uma vida saudável como a dela! Só me falta-me o glamour! srsrs
    Parabéns pelo post!
    Bjks, Beta

  3. Rosana Cristina

    Ei Meninas mandei um e-mail sobre duvidas do suco não obtive resposta será que não chegou pra você?
    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>