Guia de Professores do Luiz Júnior

sabor especialAchamos tão legal o guia do post anterior que resolvemos fazer um KIT GUIA DO PROFESSOR para a professora nova do Lu. A inclusão social é obrigatória mas nós, parentes de autistas, sabemos que ela não existe de verdade e isso é muito complicado. Lu foi recusado em outras escolas até ser aceito no seu colégio atual. O problema é que muitos acham que saber Libras, ter livros em braile na biblioteca, rampas nos corredores é o suficiente e sabemos que a estrutura das escolas brasileiras está longe de ser a ideal para nossos meninos especiais né?

Quando o assunto é autismo, quase ninguém sabe o que é, as vezes confundem com síndrome de down ou sabem o básico e as vezes erradamente (como por exemplo achar que o autista não gosta de carinho e não é carinhoso). É difícil as escolas ou o governo pagarem cursos para que os profissionais saibam lidar com nossas crianças e adolescentes então fica por nossa conta fazer esse papel. Eu, Luiza e mamãe sempre imprimimos artigos, compramos revistas e conversamos sobre as dificuldades dos autistas. As vezes não recebemos a atenção que gostaríamos mas tentamos.

eh uma delicia ensinar autistasAí a Luiza tava na net e achou esse guia muito bacana. Alterou o texto em algumas coisas (o grau do autismo do Lu, acrescentou nossos contatos) e teve a idéia de dar com uma maçã pela tradição de presentear as professoras com essa fruta. Fui na cozinha da minha empresa e dei de cara com uma maçã de plástico que a mamãe comprou pro nosso níver de vinte e poucos anos (eu e Luiza fizemos um aniversário infantil pra ficar diferente) e mostrei pra Luiza. Pronto!!! Era isso… um kit. Contamos a idéia pra mamãe Eliana e ela nos deu uma caneta e uma lapizeira pra colocarmos dentro. Aí a gente queria colocar algo natural (nada de balas e essas coisas porque o Lu faz a dieta) e tínhamos uns chás com a embalagem verde (capim cidreira e menta) que combinavam direitinho. Compramos uma agendinha (caderneta) e diagramamos o guia com maçãs, árvores, folhas com várias páginas (do tamanho da página da agendinha) e colocamos algumas frases de vermelho pra destacar. Ficou bem Legal. Fizemos uma capa e uma contracapa chamativas e imprimimos. Colamos tudo e ficou lindo!!! Adoramos o resultado (modéstia a parte, hehehe). Aí fomos mostrar pra Mamãe, que é uma artista. Ela colocou laços verdes nos chás, na caneta e lapizeira e no cartãozinho. Colocou um papel de seda e embrulhou a agenda com o mesmo papel e laço. O mimo tava pronto!!!!

Com amor pra tia Iria

A professora do Lu abriu a agenda na frente da mamãe e amou! Disse que ficava feliz por ter pais parceiros e que aquele material iria ser de grande valia para a convivência com o Lu. E disse mais: ela está super feliz de ter um aluno especial!

Kit especialAcho que ela vai amar o restante do Kit! E tenho certeza que esse presente ficará marcado em sua memória pro resto da vida assim como lecionar pro Luiz Júnior e aprender com ele a cada dia.

Confiram a agenda: tiramos fotos da capa e contracapa, do miolo com a flor e o marcador (que a mami fez) e do começo da diagramação do guia. O que acharam?

São coisas simples de fazer. Se você não souber mexer no computador, pode copiar o texto a mão com algumas figuras de revistas, pode comprar papéis coloridos, adesivos… bote a cabeça pra funcionar e seja criativa, surpreenda a professora do seu filho e faça ela ter vontade de saber mais sobre suas dificuldades.

conviver com as diferencas nos faz evoluir Uma maneira de fazer a professora pensar mesmo com o presente fechado foi que colocamos uma tag na fita verde que foi presa na maçã de plástico com a seguinte frase: Alunos autistas dão bons frutos.
Afirmamos isso porque todas as pessoas que ensinam, também aprendem e quando se ensina um autista (que repete frases sem parar, não pára quieto, as vezes é agressivo e outras vezes muito carinhoso – cito aqui algumas das características do Lu) você percebe que as aulas devem ser muito bem preparadas porque você tem que chamar a atenção desse aluno para o aprendizado. Não pode ser “cuspe e giz” e sim uma aula dinâmica, divertida, criativa. E acho que todos saem ganhando quando isso acontece.

Bom início de aulas pra TODAS as crianças, adolescentes e adultos que passam por aqui! Estudem bastante e comportem-se, hahahaha! E nunca é demais desejar um maravilhoso 2010!

2 ideias sobre “Guia de Professores do Luiz Júnior

  1. Cláudia Ramalho

    Karla, fiquei contente com seu comentário no Criative-se.
    Não fiquei chateada com o lance dos corantes, eu concordo plenamente contigo. Só abro exceções em dias de festas, mesmo assim em pequenas quantidades.
    Tb ando numa fase mais naturalista, a minha mais velha tem alergia a alguns produtos industrializados.
    Que bom que gostou das dicas. Olha, sinceramente nem sempre sai mais barato, viu? POis como eu mesma faço muita coisa, acabo inventando moda – uma festa padrão em buffet não tem tantas opções. Mas como vc falou, o que conta é o resultado personalizado e a sensação de ouvir o filhote dizendo, de boca cheia: foi a minha mãe que fez. Isso não tem preço.
    BJs

  2. Cláudia Ramalho

    Karla, eu respondi seu comentário somente depois eu fui ler seu psot.
    Fiquei emocionada com o presente.
    Meu pai e meu irmão se chamam Luzi Augusto também. Eu fui professora primária por 4 anos. NUnca ensinei nenhum autista, mas vi um filme que me marcou muito enquanto estudava psicologia: Meu filho, meu mundo. Trata da história de uma mãe que tinha duas filhas mulheres e engravidou do 3º filho. Ela desejava tanto um menininho. Ele veio. Só que nasceu autista. Ela se sentia um pouco culpada por ter desejado tanto que ele fosse menino e ter esquecido de desejar que ele fosse saudável. Mas o filme é uma lição de vida. Ela consegue se dedicar a ele de forma tão completa que ele supera suas limitações.

    Gostei de ter te encontrado. Tentei aderir aos seguidores e não encontrei. Vou te linkar no meu blogroll, pois acho que o tema autismo ainda é pouco divulgado.

    Vcs fizeram um excelente trabalho com a professora dele. Adorei a frase na maçã.

    Um cheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>