O suco que era verde

suco

É muito bom olhar pra essa foto e lembrar deste dia. Primeiro dia de suco verde ou suco da Luz. Foi a partir deste dia que comçamos a germinar os grãos (ver processo) da comida Lu e que ele começou a comer somente orgânicos.

Chegamos do workshop da Andrea Lalama no Rio com a idéia de dar suco pro Lu todo dia embora seria difícil pois ele recusa a provar qualquer coisa… o papai ajudou. A mamãe comprou a sonhada bateria pra ele e lá fomos explicar a ele que ele iria ganhar o presente, que sempre queríamos ver ele feliz e que ele também tinha que querer ver a gente feliz e que para isso, ele teria que tomar o suco. Um copo do tamanho desses de pinga (o da foto). Muitos acham que a gente compra o Lu, que esse sistema é errado mas tem funcionado… é como uma troca… ele ganha algo e a gente faz algo por ele… Mas nem sempre o que ele ganha é material… (pode ser brincadeiras por mais tempo, etc).

Depois dele brincar com a bateria, o papai chegou com o copinho de suco e ele foi contra, claaaaaro. Pegamos uma colherzinha de café e falamos que ele nem precisaria beber tudo, só um pouco… demoramos 4 horas entre suco caído na roupa, muita paciência, mais de 5 ânsias de vômito, coração apertado de todos da casa, etc… O resto da semana foi igual… ânsias de vômitos, gritos por 3 ou 4 horas, muita conversa, caretas e mais caretas.

Palmas pro papai Luiz que sempre cpnversava com o Lu com o maior carinho o chamando de amigão. Você não é amigão do papai? Então tem que beber, é pro seu bem. Eu e Luiza fomos aconselhadas a partir pro método son rise e sempre falávamos… e aí Lu, sabia que o Tarzan, o Chavez, seu Madruga, Chiquinha, Quico tomam o suco verde… sempre falávamos que tudo vinha da selva do Tarzan e que ele era bem forte porque os papais macacos faziam suco pra ele… o tempo foi diminuindo pra 2 horas e aumentando pra dois copinhos…

Sempre que ele acabava de beber falávamos “toca aqui” e quando nossas mãos se encontravam falávamos que ele estava bem mais forte! Apelamos também para o tio Renato. Eu e Luiza fizemos questão de ir a escola conversar com ele pois ele é o “ídolo” do Lu… (Lu ensina Educação Física pra mim e pra Luiza igual o Tio Renato ensina pra ele). E aí Tio Renato, tem como dar uma forcinha? Antes de Começar a aula diga pras crianças que exercícios é sempre bom e que para ficar forte, esperto e grande, além de praticar exercícios era preciso também comer tudo que o papai e a mamãe colocar no prato e BEBER SUCO VERDE. De quebra pedimos pra ele citar que tinha alunos que já estavam tomando suco de frutas e elogiar o Lu na frente da turma… nem preciso falar que deu certo né?

suco verde

Hoje, Lu toma mais de 250 ml de suco em 20 minutos e aproveitamos pra colocar tudo batido lá, já que ele não come nenhum legume ou fruta. Seu suco então, devido a beterraba, ficou “marrom”. No começo ele não aceitava por falarmos que ele bebia suco verde (quem tem esse nome por causa dos vegetais) mas ele associava o nome do suco a cor e se recusava. Palmas novamente pro papai que explicou que a beterraba era importante e que a cor “marrom, vinho” era bonita.

Hoje Luiza perguntou: – Lu, você gosta de suco verde?
Ele respondeu não. Assustadas perguntamos o porquê. Ele respondeu:

- Gosto do marrom porque tem beterraba e que faz bem a saúde.

IUHUUUUUUU! Moleque esperto! Esse é nosso garoto!

Depois de começou a tomar esse suco, NUNCA mais teve cólica… isso é fantástico!!!
Através dele descobrimos também que o Lu tem alergia a alguns alimentos que contém fenol como acerola e pêssego. Graças ao suco o Lu é um garoto mais saudável.

————-
Pérola do suco

 Músculo do Tchau

Toda mulher tem dificuldade de malhar o “músculo do tchau”. Mesmo eu e Luiza que somos magrelas e praticamos Kendo (mexemos muito o braço por causa da espada), as vezes revoltamos… e quando ficarmos mais velhas?

Lu estava no colo da mamãe e ficou encostando no braço dela… e viu que estava “mole”…. saiu correndo, entrou no quarto, colocou as mãos nos ouvidos e gritou pela Dal.

A Dal foi ver o que ele queria e ele disse:

- Faz suco verde pra mamãe ficar forte!
:D

obs: ele foi pro quarto e tampou os ouvidos pois tem medo do barulho da centrífuga.
obs2: espero que a mamãe não fique brava com o post.

9 ideias sobre “O suco que era verde

  1. Pingback: Luiz “Kakaki” Jr. » Blog Archive » Orgânicos

  2. Vânia

    é

    meninas,é simplesmente emocionante a determinaçao ,a garra ,e sobretudo o amor,que vcs tem por esta pérola,vcs formam uma equipe e tanto,vejo a familia unida pelo mesmo objetivo,isso é lindo,e com certeza, só pode dar certo.esse menino vai lonnnnge.

  3. Cris

    Olá, sou mãe de autista e ouvi falar de Andrea lalama, vai ter um workshop aqui em Brasília mas, não posso ir por problemas financeiros, vcs poderiam me ajudar dizendo do q se trata e como proceder? Muito Obrigada.

  4. GG

    Como assim? Vocês vieram ao Rio e não nos avisaram? Não acredito que perdemos uma chance dessas de nos conhecer!!! :O

  5. Karla

    O workshop foi em Niterói… mas eu e Luiza dormimos no Rio, ficamos na casa de um amigo nosso que levava a gente e buscava, coitado…
    Era no final de semana e a gente acordava cedo pra ir pra lá, ficava das 9h as 22h escutando palestra, voltava e dormia… no outro dia a gente saiu do congresso e foi pra Rodoviária… Foi cansativo! Muitas informações, correria e ainda na volta o ônibus bateu em um carro… aff
    Até esse amigo, o dono da casa, disse que foi uma pena não ter dado pra conversar… e ele foi obrigado a escutar que era uma pena não termos conhecido vc, Samantha, Camille, Matheus…

    Voltaremos pra sairmos juntos, quem sabe com direito a ir ao Maraca!

  6. Tathy

    Parabéns pro Lu por ter quebrado mais uma resistência e a vcs que juntos, são uma família e tanto. Eu fico daqui impressionada como vcs “abraçaram a causa”. Pois é exatamente essa postura que vcs tem, que TODAS as famílias de pessoas que apresentam alguma necessidade especial/ disfunção/ transtorno/ problema deveriam ter. Vcs se informam, mudam a sua estrutura de vida visando o bem estar do Lu, que é o bem estar de vcs.
    E paciência é tudo, quando vcs tiverem filhos vão tirar de letra!!! Eu vejo aqui em casa, com Alice, a dificuldade que ela tem de lidar com o novo. É super rígida, tem regras estabelecidas por ela mesma que se quebradas ela fica completamente desestruturada. Meu marido comprou luminárias novas e lâmpadas fria. Pois bem, ela chegou da escola e viu as novas luminárias/lâmpadas deu um ataque chorou muito, queria quebrar as lâmpadas, pedia pra ver as velhas, que essas eram feias e ela não tinha gostado….
    Foi uma luta até ela conseguir se acalmar.
    Pro Lu deve ser mais difícil ainda, a rotina tem a função de organizar a criança, de dar sentido de direção. Vcs estão de parabéns, mais uma vez.

    Beijossss nossos…mostra a foto da Alice pro Lu, lá no nosso blog!!!

  7. Pingback: Estou Autista » Blog Archive » Suco verde ou suco da Luz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>